terça-feira, 19 de fevereiro de 2019

Promoções e Insolvências

Como se não bastasse a Juíza Ana Peres ter metido na gaveta o processo do e-toupeira no que respeita às evidentes responsabilidades da SAD e do Clube as “promoções” no clube da treta rivalizam neste início do ano com o Continente e o Pingo Doce. Um treinador (também ex-professor de Educação Física) foi promovido e está a sair-se bem na condução da equipa e a fazer esquecer o “boneco” Rui Vitória. 
 
O presidente Luís Filipe Vieira visado no Jornal de Negócios em artigo sobre as maiores empresas falidas que rebentaram com a CGD respondeu em “direito de resposta” acerca das suas falências pessoais “que não deve nada à CGD porque saiu antes da holding de empresas turísticas OBRIVERCA fechar”. Fantástico! Espero que o Negócios retome o tema e aborde as dezenas de outras onde foi presidente do Conselho de Administração e fecharam.
 
Para acabar a semana em beleza a revelação que Ricardo Costa também foi promovido. Agora é Juiz no Supremo Tribunal da Justiça. Como sabem os mais interessados por estas coisas Ricardo Costa é elemento preponderante no Tribunal Arbitral de Desporto -a fonte onde o clube da treta vai beber os seus conselhos nos vários processos existentes- a par de personagens como Fernando Seara e José Manuel Meirim.
Consultor desde 2012 da Abreu Advogados (uma das 4 empresas que investiga as toupeiras), Presidente da Comissão Disciplinar da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (2006-2010) e Membro da Comissão Jurídica do Comité Olímpico de Portugal (2013-2017) Ricardo Costa foi o presidente da Comissão de Disciplina da Liga de Clubes, que condenou HULK e o FC do Porto na armadilha dos túneis do galinheiro. O Conselho de Justiça da Federação viria, anos mais tarde, a revogar a decisão.
Pior sorte teve outra figura também ligada ao nosso Futebol, Joaquim Oliveira patrão da CONTROLINVEST SGPS a holding que foi dona entre outras da TSF, Sportinvest, vários jornais e revistas além de participações em clubes que agora se apresentou à insolvência com um rombo de 550M€ ao BCP e ao Novo Banco. Para garantir o pagamento de uma pequena parte das dívidas salvaram-se apenas as participações na Olivedesportos e na Sport TV que continuam a dar lucro. Acresce que a própria Sport TV pertence agora em partes iguais à própria OLIVEDESPORTOS, MEO, VODAFONE e NOS.
Por outro lado as toupeiras que devassavam os processos em segredo de justiça e passavam informações a Paulo Gonçalves do clube da treta em vez de serem exonerados e proibidos de contactos com os outros arguidos passeiam-se alegremente pelos Tribunais onde exerciam funções. E pasme-se! Com livre acesso a todos os processos e computadores.
Enquanto isso os anunciados castigos de 4 jogos de interdição ao galinheiro vão ser decididos pelos comparsas do costume a começar pelo presidente do TAD, Luís Miguel Pais Antunes da PMLJ um dos escritórios de Advogados que investiga as revelações dos e-mails. Se precisarem até recorrem aquele Secretário de Estado que escondia as participações da PSP sobre as patifarias das claques não legalizadas, ou ao próprio PM figurante ilustre no camarote do “clube querido”. É mais processo, menos processo para dentro da gaveta! 
 
As recentes nomeações e arbitragens para os jogos do FCP, as benesses do clube da treta que dão vouchers e camisolas aos árbitros, emprestam jogadores e dinheiro para salários às equipas nossas adversárias para se “rasgarem” todas em campo mostra claramente quem há dezenas de anos “faz as coisas pelo outro lado”. 
 
Enquanto a LIGA e a FPF estão cheias de dinheiro à custa das multas que aplicam aos clubes e à utilização dos jogadores de borla a verdade do nosso Futebol está mesmo sem conserto!
 
Até à próxima

2 comentários:

Manuel Rocha disse...

Grande crónica, das Máfias vermelhas e do seu presidente vigarista, o vigarista, não tem limites, na doutrina que implantou no clube da treta! Grande abraço do amigo: Rocha

Unknown disse...

Não temos ninguém direcção dodo RCP que nas conferências de imprensa e nas assembleias da liga não dê uns murros na mesa e diga chega ou isto pára ou não jogamos e vamos resolver isto tudo na UEFA e na FIFA.
Se fizéssemos isto com o apoio do Sporting toda máfia acabava.