quarta-feira, 23 de maio de 2018

O Desporto Adaptado no FC do Porto

Estas modalidades do nosso Clube que tanta importância tem para a vida dos menos favorecidos tem sido ignoradas pela CS. Vamos recordar alguns briosos atletas dando conta de mais alguns êxitos que conquistaram esta época. Começamos com um Penta!
 
TÉNIS DE MESA
Pedro Cardoso sagrou-se na tarde de domingo passado penta-campeão nacional de ténis de mesa adaptado, após o triunfo no Campeonato Nacional Individual, organizado pela ANDDI. O atleta do FC Porto venceu todas as partidas por 3-0, conseguindo um marco histórico ao ser o primeiro atleta com deficiência intelectual a conseguir cinco títulos pela ANDDI.
Parabéns para o meu amigo Rui Vicente Silva, há muitos anos treinador tão dedicado ao Ténis de Mesa do Desporto Adaptado que até foi Dragão de Ouro em 2009. 
 
O triunfo foi ainda mais especial porque a juntar à conquista individual, Pedro Cardoso celebrou também o título de pares, ao lado de António Macedo. Na prova que decorreu na Mealhada, participaram António Macedo, José Luís Campos, Mário Ribeiro, Pedro Cardoso e Vasco Rodrigues, na categoria de deficiência intelectual e Fábio Ramalho na categoria de Síndrome de Down. 
 
BOCCIA 
Boccia é um desporto adaptado para pessoas com multideficiências. O plantel profissional do FC Porto recebeu em Abril depois do treino no Centro de Treinos e Formação Desportiva Porto/Gaia um grupo de atletas da Iniciação de Futebol e Boccia do Desporto Adaptado do clube. Jogadores e equipa técnica distribuíram sorrisos, deram autógrafos e tiraram fotografias com os jovens atletas que não esconderam a sua satisfação.
Os jovens agradeceram a recepção e retribuíram com duas prendas muito especiais: uma bola de futebol e uma bola de boccia, ambas autografadas. Foi assim uma manhã no Olival com momentos verdadeiramente inesquecíveis para o plantel e para estes 10 atletas do Desporto Adaptado: Alice Monteiro e Diogo Castro (boccia), Diogo Neto, João Monteiro, Martins Campos, Rafael Silva, Rodrigo Paupério, Tiago Pizarro, Pedro Marques e João Costa (futebol). De salientar que esta modalidade Boccia já conquistou prémios por inúmeras vezes.
 
NATAÇÃO
 
A equipa portista fechou a prova que decorreu no Porto, na Piscina de Campanhã, com 10 medalhas de ouro, 16 de prata e quatro de bronze. A equipa de natação adaptada conquistou no Torneio um total de 30 medalhas numa competição em que alcançaram ainda o segundo lugar na estafeta 4x50m estilos e o terceiro na estafeta 4x50m livres.
Entre as marcas conseguidas, de destacar os recordes nacionais conseguidos por Ana Barbosa nos 50 e 100 metros livres. De resto, o objetivo dos portistas foi conseguido na plenitude: obtiveram 24 tempos de aferição para o Campeonato Nacional de Verão.
 
GOALBALL
 
Dragões venceram os dois jogos que disputaram na terceira jornada do Campeonato Nacional. 
A equipa de Goalball do FC Porto saiu duplamente vitoriosa da terceira jornada do Campeonato Nacional, tendo levado a melhor sobre o CA Cultural (Clube Atlético e Cultural) e a AJ Pina (Associação Jorge Pina), por 4-3 e 13-7, respetivamente. Ambos os encontros decorreram no Pavilhão da Escola Rodrigues de Freitas.
 
Recentemente, quatro Dragões (Fábio Oliveira, João Macedo, Vítor Caixeiro e Márcio Carneiro) estiveram ao serviço da seleção nacional num estágio de preparação para o Campeonato Europeu de Goalball B, a realizar em Chorzow (Polónia), de 22 a 30 de setembro de 2018.
 
ATIVIDADE FÍSICA ADAPTADA
A sensibilização de pais, professores de educação física e treinadores para a iniciação da prática de desporto adaptado esteve na base do I Congresso de Atividade Física Adaptada.
 
Realizado na Faculdade de Desporto da Universidade do Porto (FADEUP) resultou na criação do Movimento PortoInSport, a quem caberá "promover a reflexão sobre a iniciação da prática desportiva e as oportunidades criadas ao nível da escola e do clube para pessoas com deficiência", explicou à Lusa o coordenador do congresso Rui Corredeira.
A organização deste importante evento esteve a cargo do Gabinete de Atividade Física Adaptada da FADEUP, secção de Desporto Adaptado do FC Porto, Provedoria Municipal dos Cidadãos com Deficiência da Câmara do Porto e da Federação Portuguesa de Desporto para Pessoas com Deficiência que ao mobilizarem-se formando o movimento pretende "ir bem mais além do que o congresso, continuando a atividade em prol da promoção do desporto adaptado". 
 
Bem-haja

1 comentário:

Manuel Rocha disse...

Grande trabalho, sério e honesto! Parabéns!!!
Abraço.