sábado, 4 de agosto de 2018

Vamos lá colocar o mercado de lado: Isto agora é futebol a sério

Domingo, 20 de maio. Foi essa a data do último jogo oficial das competições portuguesas e, temos de admitir, já estamos a ressacar e a ficar fartos do mercado de transferências. É sempre assim. Felizmente, o futebol a sério começa já este sábado com a Supertaça Cândido de Oliveira.

Este ano temos frente a frente o FC Porto (campeão) e o Desportivo das Aves (vencedor da Taça de Portugal). Uma espécie de David contra Golias, de uma equipa que apesar de algumas saídas continua (aparentemente) muito bem oleada e outra que sofreu uma enorme revolução.

Não há qualquer dúvida sobre quem é o favorito para este jogo, mas também já foi assim na final da Taça de Portugal e todos sabemos o que aconteceu...
 
Marega baralhou tudo
 
Sabíamos que o FC Porto perdeu duas peças importantes e titulares na defesa do ano passado. Perdeu Marcano e Ricardo Pereira. Sérgio Conceição queixou-se da falta de soluções, recebeu Mbemba, que depois se lesionou. Diogo Leite e Maxi Pereira devem ser as escolhas para o lugar das ausências. Sabíamos dessas questões de plantel, mas não sabíamos que Marega ia forçar a saída.
 
Para já Marega não está na Supertaça e levanta-se a questão sobre quem ocupará o seu lugar. A escolha mais direta seria Aboubakar. O camaronês jogaria assim ao lado de Soares e Otávio ficaria mais colado à direita. Por outro lado, pode também entrar Corona, jogando Soares (ou Aboubakar) sozinho no ataque e Otávio nas suas costas. São opções que Sérgio Conceição irá tomar, sabendo que a forma de jogar da equipa nunca será a mesma.
 
Já o Desportivo das Aves é uma verdadeira incógnita. A equipa de José Mota sofreu muito com situações extra-futebol jogado e isso levou a que o plantel perdesse algumas das suas principais figuras. Ainda assim, o vencedor da Taça de Portugal terá os seus argumentos e terá a certeza que a pressão da vitória está toda do lado azul e branco.
 
É o regresso do futebol, ainda com um mês de mercado. Nunca é bom, mas é o que é. FC Porto procura reconquistar uma prova que domina e o Desportivo das Aves tenta voltar a surpreender. O futebol está de volta e não era sem tempo...
CLICAR PARA AMPLIAR
Artigo publicado no site zerozero

2 comentários:

Felisberto Costa disse...

Não há o Quim? Há o Manel. Não há Marega? Há o Aboubakar. Não há o Aboubakar? Há o André Pereira!
São nestes momentos em que muitas oportunidades são concebidas e bem aproveitadas.

Pedro Silva disse...

Concordo em absoluto. O futebol é feito de oportunidades. Foi assim que Marega apareceu.

A nossa CS gosta de fazer novelas com tudo e mais alguma coisa porque há quem adore comer palha.