sábado, 17 de setembro de 2016

Pensamento da Semana: Fatalismos

Se há coisa que no mundo do futebol me irrita profundamente são os fatalismos dos fatalistas. Passo a explicar.

O Futebol Clube do Porto derrotou a AS Roma no Olímpico de Roma. Os fatalistas que na 1.ª mão do play-off de acesso à fase de grupos da UEFA Champions League tinham vindo a terreiro tecer o seu vasto rol de fatalidades sobre o futuro do FC Porto “meteram a viloa ao saco” e ninguém mais os ouviu ou leu.

Seguiu-se o famigerado jogo de Alvalade onde os Portistas foram descaradamente assaltados por uma equipa de arbitragem “caseirinha” q.b., lá vieram os fatalistas e o seu fatalismo sobre o futuro do FC Porto. É o plantel que não presta, é André Silva que não presta, é Treinador que não presta, etc.

De seguida tivemos a recepção ao Guimarães no Estádio do Dragão. Os Azuis e Brancos levam a cabo uma boa exibição e o ambiente no Estádio foi extraordinário. O público foi premiado com uma vitória contundente do FC Porto. Silêncio total da parte dos fatalistas que meteram – mais uma vez - o fatalismo ao bolso.

Mo seu último jogo o FC Porto joga mal e empata com o FC Copenhaga no Dragão. Lá regressam os fatalistas e o seu fatalismo numa de “eu bem disse”, “eu bem avisei”, “eu não me iludi com o jogo diante do Guimarães”. E por aí adiante. Sinceramente esta “montanha russa” ao estilo Sporting CP irrita qualquer um. Dá para colocar um meio-termo nisto?

5 comentários:

Anónimo disse...

Nao! Nao dá!
Ou tudo ou nada!
Ou 8 ou 80!
Ou sao bons ou nao!
A vida é assim, nao ha meios termos, ou morres ou vives, nao ha meio-morto ou meio-vivo, da mesma maneira que nao ha meia-vitoria ou meia-derrota!
Quem quer estar no topo e ser o melhor nao pode falhar nem adormecer como no jogo da LC!
Senão, treinador e jogadores digam logo que nao querem ser ou nao conseguem ser campeoes, e que nao lhes apetece muito fazer uma epoca a jogar no limite maximo do esforço e da competencia, enquanto nao perceberem isso vai ser sempre assim, do 8 ao 80 em menos de nada!
SDF

Francisco Paulos disse...

Com esta equipa e este treinador as nossas expectativas não podem ser altas. Já nem falo nos acomodados e autistas da Sad que perante os roubos de que temos sido vítimas assobiam para o lado mesmo sendo muito bem pagos.

Francisco Paulos disse...

Com esta equipa e este treinador as nossas expectativas não podem ser altas. Já nem falo nos acomodados e autistas da Sad que perante os roubos de que temos sido vítimas assobiam para o lado mesmo sendo muito bem pagos.

Pedro Silva disse...

Se os Dirigentes do Futebol Clube do Porto seguissem esta vossa forma de estar no futebol então teriam de contratar um Treinador novo todos os meses e de renovar o plantel todas as semanas.

Quanto ao silêncio da SAD Portista... Já nem vale a pena perder tempo a debater o óbvio.

Anónimo disse...

Não é o silência da SAD nem o Herrera que empantam com os Tondelas. É a incompetência do treinador e dum meio campo que faz corar de vergonha qualquer equipa dos distritais