quinta-feira, 28 de abril de 2011

Dar mais um passo rumo a Dublin

Um ponto prévio que tem mesmo de ser exposto. Sou Portista desde que me lembro e desde sempre que vejo o nosso Futebol Clube do Porto a jogar e a vencer mesmo quando tem tudo e todos contra o Clube. Ultimamente tenho ouvido e lido um “choradilho” impressionante por parte de certos adeptos Azuis e Brancos que reagiram mal á noticia que dá conta do interesse dos Irlandeses numa Final entre Villarreal e Benfica… Meus amigos e amigas, é quando alguém quer mal ao nosso Porto que este mostra a sua verdadeira Raça e leva tudo á frente… E quem me garante que isto não é mais uma manobra da parte da imprensa Benfiquista para tentar destabilizar o nosso Clube? E se Platini quisesse mesmo agradar á malta da Irlanda, este teria então dado ordens para que o Braga fosse prejudicado nas duas partidas contra o Liverpool… Pensem bem nisto e sobretudo não tenham memória curta.

Falando agora no que realmente interessa, faltam apenas mais dois passos rumo á Final de Dublin. O primeiro passo tem de ser dado hoje no jogo que irá opor os Dragões ao Submarino Amarelo do Sul de Espanha.

O Villarreal pode muito ser comparado ao Sevilha no que á sua forma de jogar diz respeito. Tal como a Equipa Andaluz, o Submarino Amarillo ataca muito mas defende pouco e mal. O Villarreal tem sobre o seu comando um Meio Campo fabuloso onde Senna, Borja Valero e Santi Cazorla marcam a diferença de tal forma que resolvem partidas complicadas a favor da sua Equipa. No ataque o veloz Nilmar e o lento mas matador Rossi põem em sentido qualquer Defesa adversária.

Resumindo, cabe ao FC Porto anular o Meio Campo Espanhol e não dar espaço á dupla Nilmar/Rossi. Se os Dragões fizerem isto e se mantiverem completamente alheios às teorias da conspiração que tem circulado na nossa Comunicação Social, estou em crer que teremos uma Final 100% Portuguesa em plena Republica da Irlanda. Mas atenção, se me perguntarem se o FC Porto é favorito para o jogo de hoje, eu direi que é preciso prova-lo primeiro e depois eu direi com todo o gosto que sim são favoritos.

Debruçando agora o meu pensamento e análise sobre os convocados de André Villas-Boas para esta partida, AVB promoveu três alterações para o encontro da 1ª mão das Meias-Finais da Liga Europa: entram Helton, Maicon e Guarín; saem Kieszek, Mariano e Sereno. Rafa e Fucile mantêm-se em tratamento; Belluschi já fez treino condicionado.

Lista de Convocados: Helton, Maicon, Alvaro, Guarín, João Moutinho, Falcao, Cristian Rodríguez, Hulk, Rolando, Varela, Walter, James, Sapunaru, Souza, Beto, Fernando, Rúben Micael e Otamendi.

Antes de mais uma demonstração de que ao deixar de fora Mariano e Sereno (os piores Jogadores que integram o Plantel Azul e Branco) André Villas-Boas está concentradíssimo e vai levar esta partida muito a sério. Por isto o meu muito obrigado e o pedido para que deixe de convocar estes Jogadores mesmo que os jogos sejam a feijões.,

O Futebol Clube do Porto deverá entrar em campo com o seguinte onze (sistema táctico 4x3x3):

- Helton, Sapunaru, Rolando, Otamendi, A. Pereira, Fernando, João Moutinho, Guarín, Varela, Hulk e Falcao.

O FC Porto recebe hoje o Villarreal, às 20h05, no Estádio do Dragão e esta partida pode ser seguida em directo aqui no Mística.

Já agora força SC Braga. Vai ser giro ver o Braga defrontar o Benfica em pé de igualdade dado que a Equipa de Arbitragem é estrangeira.

3 comentários:

Anónimo disse...

O F.C.PORTO VAI PROVÁ-LO E GANHAR.

Profecia de Pitonisa de Delfos.

Lol.

Força Campeões não liguem à campanha dos lampiões.

Vencedor «bai» ser um, o F.C.Porto e mais nenhum.

Lol

En Passant

Dragus Invictus disse...

Bom dia,

O confronto entre FC Porto e Villarreal trata-se mesmo de uma final antecipada.
Tratam-se das duas melhores equipas em competição e que melhor futebol praticam.

O Villarreal tem feito um excelente campeonato, numa liga tão competitiva como é a espanhola, e não fosse a cabeça dos jogadores estar virada para a Liga Europa, estariam mais acima na tabela classificativa.
Tem no seu plantel jogadores de grande qualidade, tais como os internacionais espanhóis Capdevilla, Marchena, Santi Cazorla (cuidado com este médio), Borja Valero e Senna. No ataque contam com os letais Nilmar e Rossi.

Esta equipa espanhola tem fragilidades defensivas, e o FC Porto tem de fazer um jogo de grande entrega e humildade, e se estiver ao seu melhor nível vai com certeza vencer, pois apesar da qualidade do adversário somos colectivamente e em alguns sectores individualmente mais fortes.

É fundamental não sofrer golos. Mais vale uma vitória por 1-0 que uma por 2-1, apesar de termos a capacidade de marcarmos no reduto espanhol na segunda-mão.

Logo espera-se assim uma grande noite europeia, e que o FC Porto consiga um resultado que lhe permita fazer uma viagem tranquila a Espanha para a 2ª. mão.

O apoio em massa dos adeptos vai ser essencial, e também a sua paciência. Hoje não vamos ter ópera. Vai ter de efectuar um jogo inteligente, muitas vezes mais de controlo e não de ataque desmesurado.

Espero que a arbitragem seja isenta, e que não nos queiram prejudicar, para que não hajam 2 equipas portuguesas na final. Bem sabemos que Platini e os seus pares, são mestres nestes "feitos" ... basta-nos recordar da forma escandalosa como o Chelsea foi roubado diante do Barcelona há umas épocas atrás, só para se evitar final inglesa.

Abraço

Paulo

http://pronunciadodragao.blogspot.com

P. Ungaro disse...

Boas,

O que dizer deste FC Porto ?!?!?! não ha muito mais para alem da demonstração de superioridade que espelha jogo apos jogo. Mais ainda na fase final da epoca estamos bem fisica e mentalmente, por isso se continuarmos fieis aos nossos principios de rigor e seriedade afundaremos o submarino amarelo.

Um abraço

http://fcportonoticias-dodragao.blogspot.com/