quinta-feira, 7 de fevereiro de 2013

Perigosas comparações

O FC Porto está para o campeonato português como o Barcelona está para Espanha», afirmou, este sábado, o defesa do Vitória, na flash interview da Sport Tv. (Retirado de SAPO Desporto)
Esta foi a comparação que Alex fez depois da o FC Porto ter derrotado o Vitória de Guimarães. Perante tal afirmação muita gente ficou simplesmente maravilhada com tal coisa. Muitos chegaram mesmo a babar-se de tanta alegria, pois não é todos os dias que os Dragões são comprados a uma equipa de Classe Mundial como o FC Barcelona no que ao futebol praticado diz respeito.
 
Contudo eu não sigo esta linha de raciocínio. E não o faço por três simples razões:
 
- Tal comparação é um pau de dois bicos. Se por um lado arrasa por completo com a confiança dos adversários dos Azuis e Brancos, por outro pode ter o indesejado efeito de deslumbrar os Atletas e Treinador do FC Porto. O Campeonato só acaba quando soar o último apito da última partida da Liga Zon Sagres e, como é sabido, nada está ganho sem que se trabalhe para isto;
 
- Cada Campeonato tem as suas especificidades e equipas que o caracterizam. E como é óbvio estas características variam de Campeonato para Campeonato. Por exemplo, no Campeonato Inglês privilegia a velocidade, no Holandês é tudo para a frente e Fé em Deus, em Espanha reina o Tiki Taka, em Itália dá-se preferência ao Catenacio, etc. isto para dizer que em todo o Planeta futebol não existem equipas que pratiquem um futebol igual. Não é por acaso que ainda ninguém conseguiu derrotar a Selecção Espanhola nos grandes eventos futebolísticos;    
 
- Por último o Futebol Clube do Porto já há muito que é considerado um Clube de Classe Mundial e como tal dispensa comparações com outros do mesmo calibre. Isto de querer ser igual a não sei quem é algo que antes da final de Viena fazia muito mais sentido.
Por isto deixemo-nos de tretas e não alimentemos perigosas comparações. Já diz o Povo: “Cada Macaco no seu Galho”. O FC Porto é o FC Porto e o FC Barcelona é o FC Barcelona e ponto final. Assim como a Liga Zon Sagres em nada tem a ver com La Liga BBVA.

7 comentários:

Azul ao Sul disse...

Faltou-te apenas mais uma razão, de pouca relevância, certamente.

O facto de seres adepto do Real Madrid, não terá nada com o caso, pois não?!

The Blue One disse...

Claro que não.

Não tenho nada contra o FC Barcelona apesar de muitas vezes não concordar com algumas das suas posturas.

O que me incomoda principalmente é que bastará que o próximo jogo do FC Porto não seja igual ao de Guimarães para que se passe de bestial a besta...

E depois lá temos o peso da tal "comparação" a desconcertar o plantel e adeptos.

Azul ao Sul disse...

É claro.

E quando tratas adeptos/simpatizantes culés, sendo que alguns deles, onde me incluo, são portistas, tal como tu, por "melões", isso é apenas uma carinhosa manifestação de afecto.

“Mas os melões mais deliciosos são os de Portugal. Até tem piada ver o enorme silêncio que grassa na Blosgosfera que dantes apoiava incondicionalmente o FC Barcelona e que tanto disparate se dedicava a escrever e divulgar. Já chegaram ao ponto de muitos adeptos Culés passarem agora a mensagem de que nunca foram adeptos do Barcelona mas sim simples simpatizantes.”

http://misticaazulebranca.blogspot.pt/2012/04/hala-madrid-olho-melao.html

The Blue One disse...

Pois claro, vossa Exca. está á espera de não ter uma resposta de nível quando resolve insultar a minha pessoa todas as vezes em que escrevo uma crónica sobre o Real Madrid CF.

Moralista é que coisa que não sou nem quero ser.

E que eu saiba o FC Barcelona não tem culpa de ter alguns dos adeptos que tem.

Venha de lá o seu insulto da Praxis para que esta conversa termine. Eu não gosto de lavar roupa suja na internet.

Azul ao Sul disse...

Eh lá!
Que raio de história é essa? Onde é que está o insulto naquilo que eu escrevi?
Para que conste, costumo identificar-me quando comento, e esta foi a primeira vez que comentei neste blogue, portanto, não tenho nada que ver com "insultos da praxe".
Além do mais, é precisamente por achar descabido que num blogue portista se insultem adeptos e/ou simpatizantes de um clube pelo qual, pelos vistos, haverá entre os portistas mais alguém para além de mim a simpatizar.
Mas o que realmente me faz espécie é que, sendo nós portistas, tão ciosos da ligação entre um certo clube da capital e o regime, isso não aconteça aqui ao lado, relativamente ao clube do generalíssimo.
Cumprimentos
Alex F.

The Blue One disse...

“Eh lá!
Que raio de história é essa? Onde é que está o insulto naquilo que eu escrevi?
Para que conste, costumo identificar-me quando comento, e esta foi a primeira vez que comentei neste blogue, portanto, não tenho nada que ver com "insultos da praxe".
Além do mais, é precisamente por achar descabido que num blogue portista se insultem adeptos e/ou simpatizantes de um clube pelo qual, pelos vistos, haverá entre os portistas mais alguém para além de mim a simpatizar.”

Então o recado não é para si, mas sim para aqueles que se divertem com o mal dos outros.

“Mas o que realmente me faz espécie é que, sendo nós portistas, tão ciosos da ligação entre um certo clube da capital e o regime, isso não aconteça aqui ao lado, relativamente ao clube do generalíssimo.”

Este é aquele tipo de assunto que não gosto de debater porque por norma muita gente não quer jogar com o baralho todo.

Isto porque quer queiramos ou não na História do Futebol houve apenas um Clube que foi claramente beneficiado por um Ditador e outro que era severamente perseguido por este mesmo fulano. Estou a referir-me ao AC Milan que na época de Mussolini era o único que podia ser Campeão em Itália e ao Inter que foi obrigado a mudar de cor da camisola porque se recusava a ter uma equipa 100% italiana.

Em Espanha e Portugal a música era outra bem diferente e todos os Clubes beneficiaram com as Ditaduras.

Naturalmente que em ambos os Países aconteceram coisas diferentes pois Portugal é um País pequeno e Espanha uma "manta de retalhos", contudo tanto Franco comos Salazar gostavam de manter o Povo feliz e entretido.

No que ao Futebol dizia respeito a Ditadura de Franco apenas impunha que os Clubes não fizessem referência ao Rei. Caso contrário eram perseguidos e abatidos pelo Regime. Alias o Real Madrid CF desta altura teve de mudar o seu símbolo e passou a chamar-se somente Madrid CF.

E diga-se de passagem que durante a Ditadura Franquista equipas como FC Barcelona, Atlethic Bilbao (Clube da Terra dos Makis, Comunistas que eram perseguidos pela Guarda Civil Espanhola e pelo Governo Fantoche da França ocupada pelos Nazis), Sevilha e Valência sagraram-se Campeões de Espanha e venceram a Copa do Generalíssimo (actual Copa del Rey) e inclusive chegaram mesmo a derrotar o Real Madrid CF em muitas ocasiões e Finais.

Isto de colar o Real ao Regime Franquista é fruto da ignorância e é algo que tem sido promovido por um certo marketing da Catalunha dado que nem a Ditadura nem a Democracia lhe dá aquilo que esta Região realmente pretende: Independência.

Em Portugal o filme foi diferente porque embora sendo um País pequeno este estava de tal forma atrasado que ir do Porto a Lisboa era uma aventura épica. O Poder estava centralizado na Capital e como tal os Clubes da Capital foram sempre mais protegidos pelo Salazarismo… Até o Belenenses teve a proeza de se ter sagrado Campeão de Portugal várias vezes nesta altura.

Como eu já aqui o disse, os Ditadores procuram sempre agradar a Gregos e Troianos porque querem permanecer no Poder por muito tempo e não há nada como o Futebol para manter o pessoal entretido e sossegado.

Cumprimentos caro Alex F.

The Blue One disse...

E já agora, sabe qual foi o Clube que apadrinhou o Histórico e saudoso Estádio da Antas (naquela altura era necessário este tipo de procedimentos para a utilização dos estádios)?

Foi o Real Madrid CF, clube que por acaso (mas só por acaso mesmo) está ligado à Monarquia tal como o FC Porto.

Fica aqui só mais esta curiosa curiosidade.

Cumprimentos mais uma vez.