quinta-feira, 24 de julho de 2014

Helton merecia mais

Ainda não está confirmada uma eventual saída/”reforma” do carismático Capitão do Futebol Clube do Porto, mas tudo parece apontar para que tal venha a ser uma inevitabilidade.
 
Julen Lopetegui não trouxe consigo somente a famosa torre.
 
Pelo pouco que ainda nos foi dado a observar, o Espanhol pretenderá que a equipa Azul e Branca jogue com as suas linhas bem subidas e tal obriga a que o Guarda-redes funcione como um Líbero (um pouco à semelhança da actual Alemanha Campeã do Mundo). O mesmo é dizer que lá com isto o Guardião da Baliza Portista terá obrigatoriamente de jogar bem com a bola nos pés.
 
Ora é certo e sabido que Helton tem inúmeras qualidades, mas jogar com a bola nos pés não é uma delas. O Brasileiro é um desastre natural quando é chamado a tais tarefas. Já o mesmo não se pode dizer de Fabiano.
 
Se juntarmos a isto o facto de Helton não “estar a caminhar para novo” e que tal contribui para a lenta recuperação da grave lesão que contraiu na época passada, não será portanto asneira alguma dizer que chegou a vez de Helton se ir embora do Dragão.
 
E chego a tal conclusão com uma profunda tristeza. 
 
O Brasileiro podia ser um tudo ou nada preguiçoso pois precisou quase sempre de uma “sombra” no banco de suplentes que lhe “ameaçasse” o lugar, cometeu alguns “frangos” que comprometeram a carreira do Futebol Clube do Porto nas provas internacionais, mas este merecia sair pela porta grande e nunca depois de uma temporada onde tudo correu mal no Reino do Dragão.
 
Efectivamente Helton não merecia nunca sair pela porta pequena, mas também nunca ninguém disse, ou dirá, que no Mundo do Futebol existe Justiça.

7 comentários:

Fabiov Fut disse...

Peço imensa desculpa, mas dizer que o helton joga mal com os pés, é uma tremenda barbaridade. O helton tem muita qualidade com os pés fora da baliza e provou isso inúmeras vezes, seja em passe, ou até quando conduzia e até inventava a fintar, e não me lembro de termos sofrido um golo por isso. Só um reparo, o Neuer joga assim porque Guardiola exige que se jogue assim, e não o Low. Tal como acontecia com Valdes no Barcelona. E o helton joga muito bem com os pés, porque tinha muito treino específico devido ao modelo de jogo do Porto nos últimos anos, de posse e pressão alta, a trabalhava muito isso com o Will Cort. O Lopetegui não vem inventar nada. Cumprimentos

Pedro Silva disse...

Fabiov Fut

“O helton tem muita qualidade com os pés fora da baliza e provou isso inúmeras vezes, seja em passe, ou até quando conduzia e até inventava a fintar, e não me lembro de termos sofrido um golo por isso.”

Antes de mais desculpas aceites.

Ora bem, no futebol hoje em dia ter muita qualidade com os pés fora da baliza não é sinónimo de fazer fintas e de inventar. Jogar bem com a bola nos pés é saber fazer passes curtos/longos, jogar curto e simples e isto o Helton nunca soube fazer. Já o Fabiano parece ser melhor neste aspecto.

“Só um reparo, o Neuer joga assim porque Guardiola exige que se jogue assim, e não o Low. Tal como acontecia com Valdes no Barcelona.”

È certo e sabido que os Seleccionadores pouco fazem no que aos modelos de jogo das equipas que orientam diz respeito, mas factos são factos e eu acompanhei o Mundial do Brasil e o EURO Polónia/Ucrânia e o que vi foi uma Alemanha completamente diferente de uma Competição para a outra. Não foi só o pormenor do GR que mudou e se tal mudou foi por vontade do Seleccionador dado que a Alemanha jogava muito no modelo de jogo anterior. Nada muda assim tão facilmente em dois anos e há que dar mérito a quem o tem, até porque Guardiola é um excelente Treinador mas não é “Deus”.

“E o helton joga muito bem com os pés, porque tinha muito treino específico devido ao modelo de jogo do Porto nos últimos anos, de posse e pressão alta, a trabalhava muito isso com o Will Cort.”


Só me lembro de ver o Helton a fazer algo de parecido no tempo de AVB. Com todos os outros não me recordo do Guarda-redes líbero.

“O Lopetegui não vem inventar nada.”


Também não disse nada disto. Ainda há pouco o Homem chegou ao FC Porto e como tal ainda não teve oportunidade de inventar seja o que for.

Anónimo disse...

Fico abismado com determinados comentários... "O Brasileiro é um desastre natural quando é chamado a tais tarefas"

Mas tens visto os jogos do Porto?
Há alguém em Portugal que jogue melhor com os pés e tenha a confiança que o Helton tem fora dos postes?

Pelo amor da santa...

Pedro Silva disse...

Anónimo

Ponto único:

- Não andamos na mesma escola para que a minha pessoa seja tratada na primeira pessoa do singular.

Quem quer respeito guarda-o. Para mais a diversidade de pensamento e de opinião não afecta a saúde da Santa ou dos Santinhos, pelo que não necessita de ficar abismado e/ou espantado.

Pedro Silva disse...

Fabiov Fut

Faltou somente dizer que o que está aqui em análise não é o facto de Helton jogar bem ou mal com os pés.

Este é um assunto paralelo que pelos vistos parece ofender muitas virgens dado que, segundo o que se vê, não se pode ter opinião contrária.

Fabiov Fut disse...

São opiniões e eu respeito, e eu referi que tinha qualidade em passe, no contexto em que fala isso não faz muito sentido, o Helton é dos melhores GR que vi com bola. Mas o futebol tem várias perspetivas e essa é a sua, mas como treinador e no meu ponto de vista, está bastante errada e adulterada.

Cumprimentos

Pedro Silva disse...

Fabiov Fut

É como diz. São opiniões e todos as temos quer sejamos Adeptos ou Treinadores.

Mas como já tive oportunidade de o dizer, este é um assunto paralelo até porque existem mais razões para que Helton queira sair do Dragão.

E este pela sua valia, qualidade e dedicação ao Clube merecia uma saída muito melhor do que esta que estamos a ver. É sobre isto que assenta o texto.