quinta-feira, 23 de abril de 2015

“Somos Porto!” Não me parece…

Após a histórica derrota por 6 bolas a 1 (há 37 anos que tal não sucedia no Reino do Dragão) ante o Bayern de Munique tenho lido e ouvido muitos Portistas a dizerem “Somos Porto!”. Ora eu segui o jogo via TV e realmente pergunto-me se esta equipa que apanhou uma tremenda tareia dos Alemães sabe o realmente que quer dizer “Somos Porto!”.
“Somos Porto!” é muito mais do que uma simples frase motivacional que se utiliza nos momentos difíceis. “Somos Porto!” é um grito de revolta de uma equipa que sabia que o que estava a fazer não era o melhor para o Clube e que tinha de melhorar em todos os aspectos se queria enfrentar tudo e todo. O “Somos Porto!” é um grito de guerra de uma equipa à Porto que percebeu da pior maneira o que é ter de dignificar uma camisola histórica como a do Futebol Clube do Porto.
 
Agora pergunto-me se esta equipa de Julen Lopetegui sabe o real significado da frase “Somos Porto!”. Eu acho que não. E a demonstração cabal de tal é o resultado de Munique a forma como uma grande parte do Universo Portista reagiu a esta pesadíssima e humilhante derrota.
 
“Somos Porto!” não é vir dizer que se vai ganhar na Luz.
 
“Somos Porto!” não é encolher os ombros e resignar-se com a derrota porque o Bayern tem um orçamento três vezes superior ao do FC Porto e Atletas de gabarito internacional.
 
“Somos Porto!” não é vir dizer queremos ser Campeões.
 
“Somos Porto!” não é vir para a Praça Pública jogo sim, jogo sim culpar as arbitragens pelos maus resultados.
 
“Somos Porto!” não é o Treinador vir culpar os Jogadores pela suas opções antes, durante e pós jogo.
 
“Somos Porto!” não é ir para o Aeroporto festejar meias vitórias.
 
“Somos Porto!” não é achar que a equipa é demasiado jovem para poder ter um desempenho ao nível que se lhe exige e que sempre se exigiu num Clube vencedor como o Futebol Clube do Porto.
 
“Somos Porto!” não é vir para as Conferências de Imprensa falar Latim e alimentar polémicas jornalísticas.
 
“Somos Porto!” não é fazer esperas a autocarros do Clube, insultar Jogadores/Técnicos/Direcção e partir os vidros dos seus carros.
 
“Somos Porto!” não é vir para a Bluegosfera, Canal do Clube e Programas de opinião vir dizer que está tudo bem e que não se pode apontar os erros da equipa Azul e Branca.
 
“Somos Porto!” não é levar 6 golos e vir dizer que até que nem é mau porque a campanha na Liga dos Campeões foi a terceira melhor de sempre da história do Clube Azul e Branco.
Quando acabou o jogo da Baviera Thomas Müller, Jogador do Bayern, virou-se para os seus colegas e com um megafone que um adepto Germânico lhe emprestou disse alto e bom som: “Somos Bayern!”. E foram-no na realidade porque após a derrota no Dragão souberam fazer o trabalho de casa e deram tudo por tudo pelo Clube que representam mesmo que momentaneamente.

8 comentários:

Cila Mcf disse...

Eu queria só poerguntar uma coisa... Fomos Porto na quarta feira da semana passada?
E o Bayern foi Bayern?
Não podemos ser Porto só nas vitórias... Há jogos assim... em que tudo corre mal!

Carrela disse...

Não concordo!
Por uma razão muito simples...
Quantas equipas a perder por 5, fora, vão à luta tentar reverter as coisas?
Pode parecer exagero, mas com 5:1, qd Jackson quase faz o 5:2 e deixava o Porto na luta...

Fizemos de facto uma 1ª parte horrível, inaceitável... Não gostei da "invenção" Reyes do Julen, confesso!
Mas os primeiros 3 golos são falhas individuais, não fomos capazes de limpar as bolas pelo ar.
o primeiro é ridídulo, como Alcantra mete-se no meio de 2 nossos para cabecear...

Se dividir-mos a eliminatória nas 4 partes, fomos melhores que eles em 2, MUITO PIORES em 1, e empatamos a outra.

Cila Mcf disse...

Sim Carrela... concordo... fomos muito maus na 1ª parte do jogo na Alemanha, porém não acho que o treinador tenha inventado, ele queria solidez defensiva, relembro que com o Ricardo em campo sofremos outros 3 golos... não foi por aí. Eles entraram com as ganas todas e tiveram sorte, bola ia à baliza era golo. se o 5:2 entra... se calhar já eramos Porto outra vez!

Pedro Silva disse...

Cila Mcf e Carrela antes de mais deixem que vos diga o quão importante é o facto de terem dado corpo à vossa opinião. A concordância/discordância e debate dos temas sobre os quais opino torna-me mais forte e mais completo. Por isto o meu obrigado a ambos.

Sobre o jogo de Munique já escrevi sobre o dito no meu Blog pessoal: http://ogatonotelhado.blogs.sapo.pt/lopeteguices-dao-nisto-165564

Não me parece que valha a pena estar outra vez a repetir.

Contudo sou da opinião que o problema da nossa equipa neste momento reside no facto de esta ainda não saber o significado da frase "Somos Porto!!. Só assim se explica que esta falhe nos momentos chave... E quando falo aqui em equipa refiro-me aos Jogadores e Treinadores e não exclusivamente ao A ou B.

Rui Rodrigues disse...

Boas. Só um pequeno comentário..

Que eu saiba e admito estar enganado, a frase "somos Porto", apesar de ter sido dita pela primeira vez pelo Nuno ES naquela célebre conferência de imprensa, é uma frase muito mais associada e usada pelos adeptos, como que propriamente por jogadores e treinadores do clube.

Eu próprio ao usar essa frase estou a exteriorizar o meu portismo, independentemente dos resultados negativos.

Grande abraço.

Saudações Portistas.

reine margot disse...

Caríssimo Pedro, diga então o que é ser Porto, na sua versão!
Só disse o que segundo a sua enorme sabedoria, acha que não é . Diga-nos o que é! p.f.

Além disso, não serve de comparação o último parágrafo; - nós não tivemos uma derrota para emendar como o Bayern ! - não pode, então, tirar conclusões porque não sabe se seríamos Bayern /Porto...

Pedro Silva disse...

Viva Rui Rodrigues.

Os Comentários nunca são pequenos quando acrescentam algo de positivo ao debate.

Não discordo na totalidade do teu pensamento, contudo a meu ver o "Somos Porto!" vai muito para além disto.

É mais isto que o Jorge Vassalo escreveu no seu Blog "Porto Universal";

"Se, quando enfrentamos desafios decisivos, nos tremem as pernas, vamos ser passados a ferro uma e outra e outra vez. Se não soubermos ter um killer instinct que saiba dar o golpe de misericórdia no adversário, perderemos todas as finais, todos os jogos de um vida. E aí a culpa não será dos árbitros, nem dos média, nem do valor das outras equipas.

Será do Futebol Clube do Porto. Transversalmente. É verdade que já se viu que consegue Ser Porto quando querem. Mas não podem viver numa constante curva sinusoidal motivada pelo medo e ansiedade.

O futebol não é um desporto para meninos. E está na hora de o tomar de assalto e bem de frente. Sob pena de terminarmos o ano como uma equipa que quase esteve lá.

Capacidade técnica para o que aí vem, há. Haverá vontade? Haverá coragem? Haverá Portismo? Temos de ver."

Aquele abraço!!!

Carrela disse...

Eu acredito que haja Portismo e mt neste equipa!

É um facto que as coisas não têm corrido sempre bem, e tem corrido mal em situações mais dolorosas, como foi em casa com a "equipa da propaganda" - jogo que dominados largo e falhamos largo, culpa do treinador? claro que não - a eliminar com o Sporting e Marítimo! Para não falar em mais um ou outro jogo...
Mas são estes que mais marcas deixam.
Mas não acho que tenha sido por falta de Portismo, foi isso sim por falta de experiência!!

Dou o exemplo do Ricardo, um miúdo que dá sempre tudo, tem o "Portismo" como gostamos de dizer.
Mas, e experiência?

Tomando como exemplo o último jogo, com o poderoso Bayern, foram várias as vezes que foi carregado e podia ter ganho a falta, com isso, ganho metros, deixar a equipa subir/respirar e em vez disse tentou algo mais e acabou por perder a bola!

Não gosto nem quero que os jogadores andem à procura da falta, mas carago, é preciso saber gerir, há situações em que a experiência diz: "SACA A FALTA"!

Do lado do poderoso Bayern fizeram isso!

Na minha opinião falta experiência e não Portismo!


Domingo estou confiante, aliás mt confiante que vamos rebentar com o peso da história, que diz que em todos estes anos de campeonato, mesmo com equipas que conquistaram títulos Europeus, apenas em 1951 lá ganhámos por 0:2, de resto sempre que ganhámos foi por 1 golo de diferença!

http://www.zerozero.pt/confronto_equipas.php?op=ver_confronto&equipa_1=9&equipa_2=4&id_comp=3&ond=f&grp=1&epoca_ini=0&page=4


É este a trabalho que Julen tem pela frente... e eu acredito! 1:4