sexta-feira, 28 de dezembro de 2012

Revolução na SPORTTV

O braço de ferro entre Vieira e as empresas detidas por Joaquim Oliveira motivado pela não-aceitação das propostas do empresário para a negociação dos 15 jogos em casa a partir da próxima época pode ter conduzido nas últimas semanas o clube da treta a uma derrota histórica. O bluff montado pela inábil administração desmoronou-se como um castelo de cartas. Vejamos um comunicado da ZON enviado à CMVM.
 
“A ZON Multimédia – Serviços de Telecomunicações e Multimédia, SGPS, S.A. anuncia que estabeleceu um acordo de consolidação das posições accionistas na Sport TV Portugal S.A. (“Sport TV”), Sportinveste Multimedia, SGPS S.A. (“Sportinveste”), e PPTV Publicidade de Portugal e Televisão S.A. (“PPTV”) e das respectivas operações, numa única entidade, a qual ficará responsável pela gestão dos direitos desportivos de TV e de Multimédia (internet e móvel), para o mercado Português.”
 “O acordo traduzir-se-á em ganhos de eficiência na gestão dos direitos e apoiará a promoção do desenvolvimento quer da TV tradicional, quer das novas plataformas on-line e móveis de distribuição de conteúdos desportivos para todos os operadores, num contexto de uma maior convergência fixo/móvel. A unificação da gestão destas operações e respectivos direitos de distribuição permitirá também uma maior divulgação internacional dos conteúdos desportivos Portugueses.”
 
“Em consequência das transacções necessárias à consolidação destas posições accionistas a ZON irá reduzir a sua participação para 25% na Sport TV e receberá um encaixe financeiro de cerca de 46 milhões de euros.”
Ainda o senhor Vieira e o inefável lacaio Gomes da Silva que anda pelas Africas a cravar apoios, não tinham acabado de respirar, e outra machadada lhes caiu em cima, o anunciado projecto de fusão ZON/Sonaecom (Optimus).
Joaquim Oliveira resolve uma situação complicada de falta de liquidez, ficando na mesma com os direitos televisivos, e livra-se de ter que aturar o senhor Vieira. A ZON reforça a sua posição no mercado móvel e a OPTIMUS nas comunicações fixas e na televisão paga. O reforço financeiro que esta fusão comporta vai gerar novos mercados para as transmissões desportivas internacionais já que a principal investidora particular da ZON, é a nossa conhecida Isabelinha (dos Santos).
Resulta desta situação, apenas conhecida de alguns, que o senhor Vieira fica em maus lençóis. O que irá “inventar” desta vez? Deixar cair o bluff e juntar-se novamente à Sport TV (agora com três sócios de peso) ou arranjar um pacóvio que lhe pague os 40 milhões para transmitir os 15 jogos em casa? A estratégia, a julgar pela última declaração do cómico Gomes da Silva no DIA SEGUINTE, parece ser a do costume. Procurar mexer os cordelinhos para evitar a todo o custo que esta fusão seja reconhecida pelas entidades responsáveis, ANACOM (Autoridade da Comunicação) à cabeça e deixar ficar tudo como está. “Pode lá ser…” vociferava o incompetente.
Para isso nada melhor do que utilizar os bons ofícios do manipulador de marionetas, Mário Figueiredo, um cadáver adiado que acumula no seu historial derrotas sobre derrotas, a apregoar aos sete ventos a cantilena do “monopólio” da Sport TV. Repare-se que no seu estrebuchar o homem continua a falar “no recurso ás instâncias europeias”! Então, se considerarmos que a MEO, outro operador da PT também entra na dança, este sim. Pode ser mesmo um monopólio (da Portugal Telecom, já se vê), ”à séria”.
 
Os adeptos crentes nas histórias que lhes vendem seguem fielmente o grande pensador gomes da selva, e pensam que Joaquim Oliveira se está a “desfazer de bens”. Os mais pessimistas lá agitam o fantasma do “sistema”, cada vez menos convincente para justificar as 10 miseráveis épocas (dois títulos, ambos com batota) do clube da treta.
 Alguns (poucos), não fora o constante esconder da dramática situação financeira nos programas televisivos ou nos pasquins da Capital já vão percebendo que entre dívidas, passivos e bluff, clube e Sad percorrem a passos largos o mesmo caminho dos vizinhos da 2ª Circular. Dezenas de jogadores hipotecados aos Fundos, Salários do outro mundo (só a peixeira ganha 4 milhões) e um Passivo Financeiro galopante. Quando a Banca fechar a torneira, as bolhas começarem a estoirar, mais a novidade da “refundação” da Sport TV, talvez se possa finalmente avaliar a enorme banhada que o clube da treta levou para casa este Natal.
 
Até à próxima

6 comentários:

Ricardo/águia_livre disse...

Engraçado com um Sportinguista que noutro local até me habituei a respeitar, por mérito seu, está tão preocupado com o Benfica.
Será que o seu Sporting não lhe merece preocupações que cheguem olhando ao estado em que se encontra?
Vai gostar de ver o seu Sporting - não, não me refiro à equipa B - a jogar numa divisão inferior?

Tenha um Feliz Ano de 2013 a nível pessoal, familiar e amigos, que não a nível desportivo.

Já agora gostaria que comunicasse ou desse cumprimentos meus ao caro Tle Blue One, pessoa de grandes e saudáveis lutas noutro local, como sabe.

Cumprimentos desportivos.

JOSE LIMA disse...

Caro comentador Ricardo/águia livre
Suponho que o recado é dirigido a mim José Lima autor da crónica, mas deve existir aqui qualquer engano.
Não sou sportinguista, antes pelo contrário. Se costuma ler este blogue saberá que sempre defendi o FC Porto e, especialmente o meu Presidente.
Quanto ás criticas que, no seu entendimento, eu deveria fazer ao clube seu vizinho, estas estão espalhadas ao longo de 3 anos que colaboro com o Mística Azul e Branca.
Como o tema da crónica é a transformação que a SportTv levou a cabo com influência directa no tema “Direitos Televisivos”, fiz referência ao seu clube.
Não posso, contudo, deixar de comparar os 2 emblemas da 2ª Circular visto que estão ambos numa situação de falência eminente, a menos que apareça por aí qualquer “perdão” da Banca, o que não me admirava nada… Ainda agora lhe perdoaram as dívidas do Totonegócio.
Também não sei ao que se refere quando diz que me conhece “de outro local que me admirei respeitar”.
Quanto a The Blue One, dono do blogue, ele naturalmente lê os comentários, pode ser que tenha qualquer explicação que me escapa.
Cumprimentos.

Ricardo/águia_livre disse...

Ok. Sr José Lima

Se não é sportinguista como eu pensei que era, analogia do nome, tudo bem.

Seja feliz e tenha um ano novo de 2013, em tudo, menos a nível desportivo.

JOSE LIMA disse...

Ok Ricardo, tudo bem
Um Bom Ano também para si.

The Blue One disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
The Blue One disse...

Parece que o mal entendido ficou devidamente resolvido.

E ainda bem que o desportivismo imperou acima de tudo.

Cumprimentos e boas entradas a ambos!!!